top of page

Todo o site com parcelamento | Frete grátis nas compras acima de R$500

Frete grátis nas compras acima de R$ 500

Como montar um porta-joias prático e organizado: dicas para guardar suas peças com segurança

Você tem muitas joias e bijuterias, mas não sabe como guardá-las de forma adequada? Você vive perdendo ou danificando suas peças por falta de organização? Você quer ter um porta-joias bonito e funcional, que combine com a sua decoração e facilite o seu dia a dia?



Se você respondeu sim a alguma dessas perguntas, este artigo é para você. Aqui, vamos te mostrar como montar um porta-joias prático e organizado, com dicas e ideias simples e criativas para você aproveitar o espaço, proteger suas peças e deixar tudo mais bonito.


Confira as nossas sugestões e inspire-se!


Escolha o tipo de porta-joias ideal para você

Antes de montar o seu porta-joias, é importante escolher o tipo de peça que mais se adapta às suas necessidades e preferências. Existem diversos modelos de porta-joias no mercado, desde os mais tradicionais até os mais modernos e originais.

Veja alguns exemplos:

  • Caixa de joias: é o modelo mais clássico e comum, que consiste em uma caixa com tampa e divisórias internas, que podem ser fixas ou removíveis. A caixa de joias pode ser feita de diversos materiais, como madeira, metal, plástico ou tecido, e pode ter diferentes tamanhos, formatos e cores. A vantagem da caixa de joias é que ela é fácil de guardar e transportar, além de proteger bem as peças da poeira e da luz. A desvantagem é que ela pode ocupar muito espaço e dificultar a visualização das peças.

  • Gaveteiro: é um modelo que consiste em uma estrutura com gavetas, que podem ter divisórias ou não. O gaveteiro pode ser feito de diversos materiais, como madeira, metal ou plástico, e pode ter diferentes tamanhos, formatos e cores. A vantagem do gaveteiro é que ele permite guardar muitas peças em um espaço reduzido, além de facilitar a organização por categorias. A desvantagem é que ele pode ser mais difícil de acessar e manusear as peças.

  • Cabide: é um modelo que consiste em um cabide com ganchos ou pregos, onde se penduram as peças. O cabide pode ser feito de diversos materiais, como madeira, metal ou plástico, e pode ter diferentes tamanhos, formatos e cores. A vantagem do cabide é que ele permite expor as peças de forma bonita e criativa, além de facilitar a visualização e a escolha das peças. A desvantagem é que ele pode ocupar muito espaço na parede ou no armário, além de deixar as peças mais expostas à poeira e à luz.

  • Bandeja: é um modelo que consiste em uma bandeja com divisórias ou não, onde se colocam as peças. A bandeja pode ser feita de diversos materiais, como madeira, metal ou plástico, e pode ter diferentes tamanhos, formatos e cores. A vantagem da bandeja é que ela permite guardar as peças de forma prática e elegante, além de poder ser usada como objeto decorativo. A desvantagem é que ela pode ocupar muito espaço na mesa ou na cômoda, além de deixar as peças mais expostas à poeira e à luz.

Além desses modelos, existem outros tipos de porta-joias que você pode usar ou fazer em casa, como:

  • Árvore: é um modelo que consiste em uma estrutura com galhos ou ramos, onde se penduram as peças. A árvore pode ser feita de diversos materiais, como madeira, metal ou plástico, e pode ter diferentes tamanhos, formatos e cores. A vantagem da árvore é que ela permite expor as peças de forma bonita e natural, além de ser um objeto decorativo. A desvantagem é que ela pode ocupar muito espaço na mesa ou no chão, além de deixar as peças mais expostas à poeira e à luz.

  • Quadro: é um modelo que consiste em um quadro com tela, cortiça ou outro material, onde se fixam as peças com alfinetes, pregos ou ganchos. O quadro pode ser feito de diversos materiais, como madeira, metal ou plástico, e pode ter diferentes tamanhos, formatos e cores. A vantagem do quadro é que ele permite expor as peças de forma bonita e artística, além de ser um objeto decorativo. A desvantagem é que ele pode ocupar muito espaço na parede, além de deixar as peças mais expostas à poeira e à luz.

  • Pote: é um modelo que consiste em um pote com tampa ou não, onde se colocam as peças. O pote pode ser feito de diversos materiais, como vidro, cerâmica ou plástico, e pode ter diferentes tamanhos, formatos e cores. A vantagem do pote é que ele permite guardar as peças de forma simples e charmosa, além de poder ser usado como objeto decorativo. A desvantagem é que ele pode ocupar muito espaço na mesa ou na prateleira, além de dificultar a visualização e a organização das peças.

Organize as suas peças por categorias

Depois de escolher o tipo de porta-joias ideal para você, é hora de organizar as suas peças por categorias. Isso vai facilitar a sua vida na hora de encontrar e combinar as suas joias e bijuterias.


Você pode organizar as suas peças por:

  • Tipo: separe as peças por tipo, como anéis, brincos, colares, pulseiras, broches etc. Assim, você evita que elas se misturem ou se enrosquem.

  • Material: separe as peças por material, como ouro, prata, cobre, aço etc. Assim, você evita que elas se oxidem ou se danifiquem.

  • Cor: separe as peças por cor, como dourado, prateado, preto, branco etc. Assim, você facilita a combinação das peças com as suas roupas.

  • Estilo: separe as peças por estilo, como clássico, moderno, romântico etc. Assim, você adequa as peças ao seu humor ou à ocasião.

  • Frequência: separe as peças por frequência de uso, como diário, ocasional ou especial. Assim, você prioriza as peças que mais usa e guarda as outras com mais cuidado.

Use acessórios para proteger e decorar o seu porta-joias

Para deixar o seu porta-joias ainda mais prático e organizado, você pode usar alguns acessórios para proteger e decorar a sua peça. Veja algumas ideias:

  • Saquinhos: use saquinhos de tecido ou plástico para guardar as peças individualmente ou em conjuntos. Assim, você evita que elas se arranhem ou se percam.

  • Etiquetas: use etiquetas para identificar as categorias ou os nomes das peças. Assim, você facilita a localização das peças no seu porta-joias.

  • Puxadores: use puxadores para facilitar a abertura das gavetas ou das tampas do seu porta-joias. Você pode escolher puxadores que combinem com o estilo do seu porta-joias ou que tenham algum detalhe divertido ou charmoso.

  • Espelho: use um espelho para conferir o resultado das suas combinações de joias e bijuterias. Você pode colocar o espelho na tampa do seu porta-joias ou na parede próxima ao seu porta-joias.

  • Luzes: use luzes para iluminar o seu porta-joias e destacar as suas peças. Você pode usar luzes de LED ou pisca-pisca para criar um efeito bonito e aconchegante.

Como você pode ver, montar um porta-joias prático e organizado não é difícil nem caro. Você só precisa de tempo para se organizar para deixar todas as suas joias e bijuterias bem organizadas. Por falar em joias e bijuterias, entre em nossa loja online e veja os nossos diversos produtos para compor seu porta-joias.

2 visualizações0 comentário
bottom of page