top of page

Frete grátis a partir de R$ 500

Frete grátis a partir de R$ 500

Pedras brasileiras: Quais são, suas preciosidades e joias que utilizam essas pedras.


O Brasil é um dos países mais ricos em pedras preciosas e semi preciosas do mundo, com mais de 90 tipos diferentes encontrados em seu território. Neste post, vou te apresentar sete pedras brasileiras que chamam a atenção do mundo pela sua importância histórica, cultural e comercial. São elas:



  • Diamante: é a pedra preciosa mais conhecida e desejada do mundo, formada por carbono puro cristalizado sob altas temperaturas e pressões no interior da Terra. É a gema mais dura e resistente que existe, podendo cortar qualquer outro material. Possui um brilho incomparável, devido ao seu alto índice de refração e dispersão da luz. É usado na produção de joias desde a antiguidade, sendo considerado um símbolo de pureza, perfeição, amor e poder. Pode ser encontrado em diversas cores, como branco, amarelo, rosa, azul, verde e preto, mas as mais raras e valiosas são as incolores. O valor do diamante é determinado por quatro fatores: quilate, cor, pureza e lapidação. O Brasil é um dos maiores produtores de diamantes do mundo, tendo destaque as minas de Diamantina, em Minas Gerais, e de Coromandel, em Goiás].

  • Esmeralda: é a pedra preciosa mais verde do mundo, formada por berilo, um mineral composto por silicato de alumínio e berílio, que adquire a cor verde pela presença de cromo e vanádio. É uma gema muito frágil e delicada, sendo suscetível a rachaduras e quebras. Possui um brilho suave, devido ao seu baixo índice de refração e dispersão da luz. É usada na produção de joias desde a antiguidade, sendo considerada um símbolo de esperança, renovação, amor e prosperidade. Pode ser encontrada em diversas tonalidades de verde, como claro, escuro, azulado e amarelado, mas as mais raras e valiosas são as de verde intenso. O valor da esmeralda é determinado por quatro fatores: quilate, cor, pureza e lapidação. O Brasil é o maior produtor de esmeraldas do mundo, tendo destaque as minas de Nova Era, em Minas Gerais, e de Santa Terezinha, em Goiás.

  • Rubi: é a pedra preciosa mais valiosa depois do diamante, formada por corindo, um mineral composto por óxido de alumínio, que adquire a cor vermelha pela presença de cromo. É uma gema muito dura e resistente, ficando atrás apenas do diamante na escala de Mohs. Possui um brilho intenso, devido ao seu alto índice de refração e dispersão da luz. É usada na produção de joias desde a antiguidade, sendo considerada um símbolo de paixão, coragem, nobreza e realeza. Pode ser encontrada em diversas tonalidades de vermelho, como rosa, púrpura, laranja e vinho, mas as mais raras e valiosas são as de vermelho sangue. O valor do rubi é determinado por quatro fatores: quilate, cor, pureza e lapidação. O Brasil é um dos maiores produtores de rubi do mundo, tendo destaque as minas de Juína, em Mato Grosso, e de Carnaíba, na Bahia .

  • Safira: é a pedra preciosa mais versátil depois do diamante, formada por corindo, um mineral composto por óxido de alumínio, que adquire diversas cores pela presença de diferentes elementos, como ferro, titânio, cromo e cobalto. É uma gema muito dura e resistente, ficando atrás apenas do diamante na escala de Mohs. Possui um brilho vibrante, devido ao seu alto índice de refração e dispersão da luz. É usada na produção de joias desde a antiguidade, sendo considerada um símbolo de sabedoria, fidelidade, pureza e serenidade. Pode ser encontrada em diversas cores, como azul, rosa, amarelo, verde e roxo, mas as mais raras e valiosas são as de azul profundo. O valor da safira é determinado por quatro fatores: quilate, cor, pureza e lapidação. O Brasil é um dos maiores produtores de safira do mundo, tendo destaque as minas de Minas Gerais e da Paraíba .

  • Água-marinha: é a pedra preciosa mais azul do mundo, formada por berilo, um mineral composto por silicato de alumínio e berílio, que adquire a cor azul pela presença de ferro. É uma gema muito dura e resistente, ficando atrás apenas do diamante e do corindo na escala de Mohs. Possui um brilho suave, devido ao seu baixo índice de refração e dispersão da luz. É usada na produção de joias desde a antiguidade, sendo considerada um símbolo de espiritualidade, purificação e paz interior. Pode ser encontrada em diversas tonalidades de azul, como claro, escuro, esverdeado e acinzentado, mas as mais raras e valiosas são as de azul intenso. O valor da água-marinha é determinado por quatro fatores: quilate, cor, pureza e lapidação. O Brasil é o maior produtor de água-marinha do mundo, tendo destaque as minas de Minas Gerais e do Ceará .

  • Ametista: é a pedra preciosa mais roxa do mundo, formada por quartzo, um mineral composto por dióxido de silício, que adquire a cor roxa pela presença de ferro e manganês. É uma gema muito dura e resistente, ficando atrás apenas do diamante, do corindo e do berilo na escala de Mohs. Possui um brilho moderado, devido ao seu médio índice de refração e dispersão da luz. É usada na produção de joias desde a antiguidade, sendo considerada um símbolo de espiritualidade, intuição e equilíbrio. Pode ser encontrada em diversas tonalidades de roxo, como lilás, lavanda, violeta e uva, mas as mais raras e valiosas são as de roxo profundo. O valor da ametista é determinado por quatro fatores: quilate, cor, pureza e lapidação. O Brasil é o maior produtor de ametista do mundo, tendo destaque as minas de Ametista do Sul, no Rio Grande do Sul, e de Marabá, no Pará .

  • Topázio: é a pedra preciosa mais amarela do mundo, formada por silicato de alumínio e flúor, que adquire a cor amarela pela presença de ferro. É uma gema muito dura e resistente, ficando atrás apenas do diamante, do corindo, do berilo e do quartzo na escala de Mohs. Possui um brilho luminoso, devido ao seu alto índice de refração e dispersão da luz. É usada na produção de joias desde a antiguidade, sendo considerada um símbolo de sucesso, prosperidade e brilho pessoal. Pode ser encontrada em diversas cores, como branco, rosa, azul, verde e laranja, mas as mais raras e valiosas são as de amarelo intenso. O valor do topázio é determinado por quatro fatores: quilate, cor, pureza e lapidação. O Brasil é o maior produtor de topázio do mundo, tendo destaque as minas de Ouro Preto, em Minas Gerais, e de Capão, na Bahia .

Espero que você tenha gostado de conhecer um pouco mais sobre as pedras brasileiras e suas utilizações na produção de joias.

10 visualizações0 comentário

Commentaires


bottom of page